Plantas, Vitaminas e Enzimas
A proteção total do corpo humano

O sistema de defesa é imprescindível para um corpo forte e protegido, sendo vital encontrar-se completamente equilibrado e ativo para fazer face às agressões permanentes. Desta forma proporciona uma resposta adequada e precisa aos elementos nocivos defendendo o corpo de anomalias imediatas e futuras alcaçando uma vida favorável e feliz.

O corpo humano contém cerca de 75 milhões de células e cada uma tem uma função estrutural (morfológica) e funcional (fisiológica). As células são formadas, essencialmente, por cinco substâncias base: água (70 a 85%), proteínas (10 a 20%), lípidos (2%, com excepção das adiposas 95%), hidratos de carbono (1%), e alguns iões, especialmente K, Mg, PO4, SO4, HCO3 e pequenas quantidades de Na, Cl e Ca. Cada célula contém estruturas físicas altamente organizadas, denominadas de organelas (ver imagem), apresentando características e funções muito específicas. A célula normal está circunscrita dentro de limites razoavelmente estreitos de funcionalidade e de estrutura pelos seus programas genéticos de metabolismo, diferenciação e especialização. Os padrões celulares normais podem ser alterados por mecanismos bioquímicos responsáveis pela lesão ou morte celular.

Existem dois tipos de morte celular:
• Necrose: tipo mais comum e surge após stress fisiológico intenso.
• Apoptose: a célula morre após a activação de um programa controlado internamente.

As causas de lesão celular variam desde a violência física extrema, acidentes, carência genética subtil de uma enzima vital que comprometem a função metabólica normal. Muitas toxinas causam lesão celular ao interferir nas enzimas endógenas. Particularmente vulneráveis são a glicólise, o ciclo de Krebs ou do ácido cítrico e a fosforilação oxidativa nas membranas internas mitocondriais. Contudo, existem vários aspectos bioquímicos que são importantes na mediação da lesão ou morte celular por necrose: depleção de ATP, oxigénio e radicais livres, cálcio intracelular, defeitos de permeabilidade da membrana e lesão mitocondrial irreversível.

A maioria das influências adversas assentam em:
• Hipoxia: privação de oxigénio que é a causa mais importante e comum de lesão e morte celular e prejudica a respiração oxidativa aeróbica.
   • Agentes infecciosos: vírus, parasitas, bactérias, fungos.
   • Anomalias genéticas
   • Deficiências nutricionais
   • Reacções imunológicas

O sistema imunitário é provavelmente o menos identificável anatomicamente do organismo, pois a maior parte deste sistema está integrada dentro dos tecidos de outros órgãos, como a pele e o tracto gastointestinal. O sistema imune tem dois componentes anatómicos: os tecidos linfóides do corpo e as células que são responsáveis pela resposta imune. A resposta imune inclui a detecção e identificação, a comunicação com outras células imunitárias, recrutamento e coordenação da resposta e destruição ou supressão do antígeno.

Composição OXIMUNE BALANCE – Suplemento Alimentar

Pau de Arco (Tabebuia avellanadae)2000 mg
Cogumelo Shitake (Lentinus edodes)1000 mg
Cogumelo Maitake (Grifolia frondosa)1000 mg
Cogumelo Agaricus (Agaricus blazei)800 mg
Cogumelo Coriolus (Coriolus versicolor)800 mg
Cogumelo Cordyceps (Cordyceps sinensis)600 mg
Orégão (Origanum vulgare)600 mg
Unha de gato (Uncaria tomentosa)250 mg
Brócolos (Brassica oleracea)250 mg
Sementes de toranja (Citrus paradisi)250 mg
Hidraste (Hydrastis canadensis)200 mg
Vitamina C (ácido L-ascórbico)160 mg
Vitamina E (acetato de DL-alfa-tocoferilo)12 mg α-TE
Coenzima Q1012mg
Papaína5 mg
Rutina3 mg
Óleo essencial de Orégão 250 µg
Selénio (Selenito de Sódio) 110 µg